Postagem em destaque

Links para a obra do Rahmati

Nesse post você tem acesso a todas as minhas obras publicadas :) Os links para compra / leitura / download estão embaixo de cada imagem. ...

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

CabulosoCast #188 — Eu :)


E quão grande não é a minha emoção em ver, bonitinho, lá no meu agregador de podcasts, o episódio 188 do inexorável, do indefectível, do inoxidável CabulosoCast  que trata do meu primeiro romance O arquivo dos sonhos perdidos...!


Nesse episódio, o host substituto Lucas Ferraz, o host do podcast LivroCast, Marcelo Zaniolo, e a mente megalomaníaca do mal André Wallace do site Anime-se, me entrevistam e falam sobre o meu livro, sobre as minhas inspirações, sobre minha escrita e puxam o saco de uma maneira agradavelmente incômoda, rs. Claro que eu queria ter gravado também com o Lucien o Bibliotecário, mas ele estava lá em espírito afinal ;)

Enfim. Para ouvir o programa, é só clicar no “episódio 188" ali no primeiro parágrafo, baixar o programa e dar o play — ou tacar no celular pra ouvir na rua, é em mp3 mesmo. Se quiser usar um agregador, baixe um para o seu celular (como Podcast Addict, ou Podcast Republic, que é o que eu uso, ou qualquer outro), assine o CabulosoCast e baixe o referido episódio.

Daqui dois dias — no dia 02 de dezembro de 2016 — vocês também poderão comprar o livro, é só esperar que eu disponibilizo os links :D

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Um trecho marcante de Chuck Palahniuk


Os investigadores da polícia levaram o panaquinha pro centro num carro à paisana e aí subiram num prédio feio e sentaram com ele e sua mãe adotiva temporária, e perguntaram: Ida Mancini vinha tentando entrar em contato com você? 
Você tem ideia de como ela está se bancando? 
Por que, na sua opinião, ela tem feito essas coisas? 
E o garotinho ficou observando. 
A ajuda chegaria em breve. 
A Mamãe costumava pedir desculpas pra ele. As pessoas vinham dando duro há tanto tempo pra fazer do mundo um lugar seguro, organizado. Ninguém percebeu como ele ia ficar sem graça. Porque o mundo inteiro ia ser demarcado e ter sua velocidade limitada e rezoneado e tributado e coordenado, e todo mundo ia ser testado e registrado e endereçado e gravado. Ninguém tinha deixado espaço livre pras aventuras, fora as que se compram. Montanha-russa. Cinema. Ainda assim ia ser aquela coisa de empolgação falsa. Você sabe que os dinossauros não vão comer as criancinhas. Nesses testes de exibição, o público votou contra qualquer chance de desastre, mesmo que seja falso. E já que não existe possibilidade de um desastre real, de risco real, ficamos sem chance de salvação real. De júbilo real. De empolgação real. De alegria real. De descoberta. De invenção. 
As leis que nos dão segurança são as mesmas leis que nos condenam ao tédio. 
Sem ter acesso ao verdadeiro caos, nunca teremos paz de verdade. 
A não ser que tudo fique pior, nada vai ficar melhor. 
Era isso que a Mamãe costumava contar pra ele. 
Ela falava: 
— A única fronteira que ainda se tem é o mundo dos intangíveis. Todo o resto está amarrado, bem amarrado. 
Enjaulado por leis demais. 
Por intangíveis ela queria dizer a internet, os filmes, a música, as histórias, a arte, os boatos, os softwares, tudo que não era de verdade. Realidades virtuais. Os faz de conta. A cultura. 
O irreal é mais poderoso que o real. 
Porque nada é tão perfeito quanto se imagina. 
Porque a única coisa que dura são as ideias intangíveis, os conceitos, as crenças, as fantasias. Pedra se esfarela. Madeira apodrece. Gente, bom: gente morre. 
Mas coisas frágeis como um pensamento, um sonho, uma lenda, essas duram e perduram.
Chuck Palahniuk  No sufoco

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

O mapa da podosfera brasileira


Sou apaixonado por podcasts — e quem me conhece sabe bem disso. Acompanho atualmente 34 deles, mas já ouvi episódios de muitos outros, dentre nacionais e gringos, e boa parte do que aprendi recentemente veio do incrível conteúdo que eles proporcionam. Não posso deixar de dar importância, também, aos episódios que vêm meramente para nos fazer dar risada e desanuviar nossa mente da brutalidade da vida real.

Assim, eu meio que sentia necessidade de “devolver" o carinho com que eles produzem para os ouvintes esse tipo de conteúdo — e então, após ouvir o Ivan Mizanzuk do AntiCast mencionar o grupo fechado do podcast do Facebook, a Cracóvia, e a suposta “terra" do Mundo Freak, o Freakistão. tive o “tchan" mental e desenvolvi essa ilustração:


É claro que é só uma brincadeira, e nenhum elemento nesse mapa se propõe a significar tamanho ou representatividade do podcast para a cena atual. Só fica claro que eu puxei sardinha para os que eu ouço mais, rs.

A todos os podcasters, mais uma vez, meu muito obrigado pelas infinitas horas de diversão! :D

(Para a imagem em tamanho estupidamente grande, CLIQUE AQUI.)

Atualização:
Conforme pedidos, seguem os podcasts retratados no mapa.

NerdCast
Matando Robôs Gigantes
RapaduraCast
99 Vidas
Reloading
O Melhor Podcast do Brasil
AntiCast
Feito por Elas
Salvo Melhor Juízo
Não Obstante
Três Páginas
Visual+Mente
Projeto Humanos
É Pau É Pedra
Radiofobia
Na Porteira
Mundo Freak
Ponto G
Crazy Metal Mind
Troca o Disco
Papo Lendário
CabulosoCast
LivroCast
LiterárioCast
Hora M
Agentes do LIVRO
O Drone Saltitante
PodEspecular
Ghost Writer
A Taverna do Fim do Mundo
Curta Ficção
Gente que Escreve
30:MIN
Hora Alucinógena
Os 12 Trabalhos do Escritor
Morango
O Arquivo dos Sonhos Perdidos
Ex Libris
Xadrez Verbal
Thunder Radio Show
Baião de Dois
Judão
[Os diversos podcasts de esportes da Central 3]
A Voz de Delirium
SciCast
Café Brasil
Papo de Cafeteria
SpheraCast
Falha Crítica
Dragões de Garagem
Escriba Café
Papo de Gordo
Papo de Fotógrafo
Um Milkshake Chamado Wanda
Miçangas
GVCast
Pelada na Net
O Nome Disso É Mundo
UltraGeek
BiboTalk
Irmãos.com
Minutos de Silêncio
Galera do RAU
Melhores do Mundo
Não Ouvo
PQPCast
LíderCast
LexCast
Jogabilidade
BrainCast
Mamilos
Caixa de Histórias
Zing!
Mupoca
Spoilers Talk Show
Pouco Pixel
Tecnicalidade
Naruhodo
Código Aberto
BeerCast
Papo H
Meia-Lua Cast
Iradex Podcast
PH Santos Show
Sem Fim
Sete Reinos
Pilotando
[E uma homenagem aos demais podcasts, com a Ilha dos Iniciantes e a União dos Estados Podcastais Independentes]


quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Meu Podcaster Secreto

(Texto roubado na cara dura do Covil Geek kkk)



Olá, car@s ouvintes e leitores!

Depois da brincadeira do Dia do Podcast, resolvemos fazer uma nova campanha e dessa vez você é o nosso convidado especial!

O ano de 2016 foi um ano cheio de trabalho e amizades. Trabalhamos e criamos o ano todo e chegamos até aqui graças ao apoio que vocês nos dão! Então, resolvemos aprontar de novo…

Vai ter campanha sim, vai ter brincadeira sim, vai ter prêmio sim!

Não queríamos que a brincadeira de fim de ano ficasse somente entre a gente. Então, decidimos criar uma maneira que vocês também pudessem participar de alguma forma. Pensando na tradição das brincadeiras de Amigo Secreto onde damos dicas para as pessoas adivinharem quem sorteamos, pensamos em fazer algo parecido. Mas neste caso quem tentará acertar não será o Amigo Secreto… serão vocês!!!

A brincadeira é nossa, o prêmio é seu!!! (ok, sabemos que isso é um clichê, mas não resistimos…)

Vocês já conhecem os participantes da podosfera e de canais, blogs e livros. Fizemos um sorteio de amigo secreto e vocês tem a missão de pegar nossas dicas e adivinhar quem tirou quem.

As 4 pessoas que acertarem o maior número de amigos secretos irão ganhar um presente enviado por nós!!!

Espera um pouco, como assim??? Bem, deixa eu explicar melhor:

Entre os podcasters, blogueiros e youtubers que fazem parte do #MeuPodcasterSecreto, contamos com 17 pessoas. A lista dos participantes (com seus respectivos sites) estarão no final deste texto.

No período entre 15/11/2016 à 09/12/2016, todos nós iremos postar (em nossas redes sociais, sites, podcasts ou vídeos) dicas de quem é nosso amigo secreto, pelo menos uma vez por semana usando a hashtag #MeuPodcasterSecreto. Atenção: quanto mais pessoas você acompanhar, mais chances têm de acertar, de ganhar um dos prêmios e mais produtores de conteúdo você conhecerá!

Quando tiver seus palpites, você deve preencher esse formulário AQUI. Cada pessoa poderá enviar quantos formulários quiser e as 4 pessoas com a maior quantidade de acertos ganham a brincadeira e irão receber um presente cada!

Em caso de empate, ganha quem tiver enviado o formulário primeiro.

Você pode enviar seu formulário até dia 11/12/2016!!!

Entre 12/12/2016 e 16/12/2016, cada um de nós irá revelar seu amigo secreto em seu site/canal/podcast, então fique de olho! ;)

A revelação dos 4 ganhadores será dia 21/12/2016. Entraremos em contato e os ganhadores deverão enviar seus dados para a entrega do presente até 31/12/2016. Os prêmios serão enviados para vocês logo em janeiro de 2017, então você começa o ano com presente!


CRONOGRAMA OFICIAL:

Pegue nossas dicas em nossas mídias sociais de 15/11 a 09/12/2016
Envie seus palpites do #MeuPodcasterSecreto pelo formulário até o dia 11/12/2016
Acompanhe nossa revelação do #MeuPodcasterSecreto de 12/12 a 16/12/2016
Veja se você é um dos ganhadores do concurso em 21/12/2016
Ganhadores, nos envie seus dados até até 31/12/2016
Enviaremos seus prêmios em Janeiro/2017

Boa sorte! Que os jogos comecem e sorte esteja sempre a seu favor!!!


LISTA DOS PARTICIPANTES E ONDE VOCÊ PEGA AS DICAS:



Arita Souza – Canal Dobradinha Literária

Bruno “O Frango” Assis – Canal Estamos em Obras
Twitter: @ofrango

Diego Lokow – Podcast LivroCast
Twitter: @Lokow e @LivroCast

Domenica Mendes – Podcast CabulosoCast
Twitter: @domenica_mendes

Du – Podcast Covil de Livros

Larissa Siriani – Escritora e Podcast LiterarioCast
Titter: @LarissaSiriani

Leonardo Mitocondria – site Mitografias e Podcast Papo Lendário
Twitter: @leonardo2099

Lucas Ferraz – Podcast CabulosoCast
Twitter: @ferraz_lucas

Luís Beber – Podcasts 30:MIN e Hora Alucinógena
Twitter: @beber_luis

Marcelo Zaniolo – Podcast LivroCast
Twitter: @celo_zaniolo e @LivroCast

Mario Marcio Felix – Site Sphera Geek
Podcast/Site: http://spherageek.com/
Twitter: @MMFelix

Paulo Carvalho – Podcast Caixa de Histórias
Twitter: @caixa_historias

Priscilla Rúbia – Podcast CabulosoCast
Twitter: @Priscilla_Rubia

Sr. Basso – Podcast Covil de Livros

Rodrigo Rahmati – Escritor/Blogueiro/Leitor Cabuloso
Twitter: @rodrahmati

Nilda – site Mitografias e Podcast Papo Lendário
Twitter: @nildaalcarinque

Thiago Simão – site Sphera Geek
Podcast/Site: http://spherageek.com/
Twitter: @_ThiagoSimao

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Um trecho marcante de Gustavo Magnani


Acordei e não quis um homem pra beijar, um deus pra orar ou uma mensagem de fé. Quis o abraço de Mamãe: que chegasse pela porta, portando o sorriso que nunca vi em seu rosto, os elogios sempre engasgados, os olhos ternos e maternos escondidos atrás da carranca evangélica e os ouvidos atentos como jamais estiveram, usando vestido colorido, cabelo solto, por que não, um pouco da maquiagem? Trazendo um presente, ou um pedaço de bolo, talvez um refrigerante e um filme. 
Pobre de mim, se viesse, seria de saia jeans, ombros caídos, cabelos longos e presos, quase ensebados, cara de quem não vê água há semanas e cheiro de quem nunca viu, quase que podre, como se estivesse largada pra morrer. Passos lentos porque não há pressa quando se tem a eternidade. Voz estridente, firme, de quem nunca titubeia ou baila, sempre reta e íntegra, não há desvio! Fato para ela é algo inexistente, beira o mito, o risível, tudo é fator de opinião e a sua, sempre, a correta, pois é deus quem vigia: tá na bíblia, tá nos anais! 
Mamãe jamais falaria anais, é lógico, preferia chamar de cuzinho. Mas disso o senhor já sabe.

Gustavo Magnani — Ovelha: Memórias de um pastor gay, 2015

sábado, 5 de novembro de 2016

Grande irmão, de Lionel Shriver


Dá para gostar de um livro sem gostar de seu final? Ou é uma experiência completa — o livro todo, sendo impossível dissociá–lo de seu meio, ou início, ou final…?

Porque esse foi o caso — e já aviso que esse post TEM SPOILERS — do romance Grande irmão, da escritora Lionel Shriver. Detalhe importante: esse spoiler é do tipo que arruina a leitura.

Continue por sua conta e risco.